Pesquisadores integrantes do Inct AmbTropic II, do Gupo de Trabalho 1.2 Recifes e ecossistema coralinos, acabam de publicar o artigo “Diversity patterns of reef fish along the Brazilian tropical coast” na revista científica Marine Environmental Research.

Nesse trabalho eles estudaram 100 recifes ao longo de 2.000 km da costa para entender como se distribui a diversidade de peixes nos recifes de coral do Brasil.

“Descobrimos que a maior parte das espécies são raras, geralmente ocorrendo em número reduzido ao longo de toda costa, exceto em determinados tipos de recifes onde foram mais abundantes.

Essa grande proporção de espécies raras revela uma maior vulnerabilidade das comunidades de peixes recifais. Nem compreendemos o potencial danoso de perder estas espécies, pois várias delas são muito pouco estudadas, justamente por serem difíceis de achar. Ao conseguirmos determinar que estes peixes preferem certos recifes, podemos identificar quais locais são prioritários para dedicar esforços e assim garantir sua conservação.”

Se você se interessou sobre o trabalho, ele estará disponível em https://authors.elsevier.com/a/1bcDTW5UJDWLr até o dia 10 de outubro, para download livre de cobranças. Após este período, você poderá acessar o artigo em www.doi.org/10.1016/j.marenvres.2020.105038 mas você pode ser cobrado pelo acesso à versão completa do trabalho.

English version

In our work “Diversity patterns of reef fish along the Brazilian tropical coast”, recently published in Marine Environmental Research, we studied a hundred reefs spanning 2.000 km over the tropical Brazilian coastline, aiming to understand how the diversity of Brazilian coral reef fishes is distributed. We found out that most species are rare, occurring in reduced numbers in most sites, but that in some types of reefs they had higher abundances. This greater proportion of rare species reveals a higher vulnerability of reef fish communities. We cannot discern the deleterious implications of losing rare species yet, as they are barely studied because they are hard to find. Nevertheless, as we determine types of reefs they prefer, we can identify priority sites to dedicate measures to assure their conservation.

If you are interested in this work, you can get full access to the article at https://authors.elsevier.com/a/1bcDTW5UJDWLr

This link will be available until October 10th and you are welcome to read or download. No sign up, registration or fees are required. After this period, you can access our paper at www.doi.org/10.1016/j.marenvres.2020.105038 but you can be charged to access the full version of the manuscript.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *